sexta-feira, julho 08, 2011

ASSISTA AO VÍDEO DE ASSALTO COM DUAS MORTES EM MS

video
Imagens do circuito interno de segurança mostram como foi o assalto ocorrido nesta terça-feira (4) a um mercado na região sul de Campo Grande. Um policial militar à paisana reagiu ao roubo e atirou. Um dos bandidos e o gerente do estabelecimento morreram baleados. O segundo assaltante, um adolescente de 17 anos, ficou ferido e foi apreendido.
Os dois assaltantes chegam de bicicleta ao local do crime e cada um entra por uma porta. O suspeito de 17 anos, que no vídeo aparece vestindo uma camiseta amarela, rende o gerente com uma arma de fogo.
Depois de pegarem o dinheiro do caixa, o comparsa sai pela porta à direita do estabelecimento e de repente volta correndo. O policial militar de 39 anos atinge o bandido com um tiro nas costas. O outro foge sem dar nenhum tiro.
No momento da reação do policial, o gerente Carlos Expedito Ferreira, de 41 anos, tenta se proteger atrás do balcão, é atingido e instantes depois cai. O policial atira várias vezes contra os bandidos. O disparo que atingiu o gerente atravessou a placa de metal do balcão, segundo os investigadores.
Após o crime, as imagens do circuito interno mostram o gerente do supermercado e um dos assaltantes, caído próximo da porta, agonizando. Na sequência, dezenas de pessoas entram e o local do crime não é preservado para que peritos recolham as provas para investigação.
Três minutos depois de surpreender os bandidos, o policial retorna. A Polícia Militar chega e as portas do estabelecimento são fechadas. Em outra cena, o policial que fez os disparos pega uma sacola do caixa e limpa uma arma. Pouco depois, dois homens se aproximam do corpo do bandido. Um deles, vestido de preto, agacha e começa a mexer no corpo. O outro, de jaqueta cinza, faz um movimento como se entregasse algum objeto.
Na versão oficial, três armas foram aprendidas: uma pistola calibre 22, que estaria com o adolescente, um revólver calibre 38, encontrado junto ao corpo do suspeito morto e uma pistola ponto 40, a arma do PM. Todas foram encaminhadas para a perícia, assim como os projéteis encontrados nos corpos. O laudo deve ficar pronto na próxima semana.
Os exames devem esclarecer a principal dúvida sobre o caso: de onde partiu o disparo que matou o gerente? (TV Morena)

0 comentários: